Alimentos e dicas para diminuir o refluxo gastroesofágico

Postado por: Sabor Caseiro Categoria: Dica Sabor Caseiro, Vida Saudável Tag: , , , Comentários: 2 Data de postagem: março 17, 2020

Alimentos e dicas para diminuir o refluxo gastroesofágico

A famosa azia dá aquela sensação de queimação horrível. Evitando alguns alimentos e incluindo outros na sua dieta é possível diminuir a incidência da doença

Refluxo gastroesofágico é uma doença popularmente conhecida como azia. Além de causar muito incômodo, ela pode atingir os dentes, a laringe e os pulmões. A boa notícia é que é possível acalmar os sintomas com uma alimentação saudável e balanceada.

Às vezes você consome um alimento muito gorduroso ou uma fritura e logo em seguida sente uma queimação desconfortável subindo até a sua garganta. Isso é refluxo, quando o suco gástrico retorna para o esôfago logo após uma refeição. Como a mucosa dessa região não está preparada para receber uma substância tão ácida, o resultado é essa sensação de queimação que ninguém gosta.

Fatores de risco

Existem alguns fatores ligados à hábitos alimentares que podem causar refluxo. São eles:

  • Obesidade
  • Hérnia de hiato (quando parte do estômago se move acima do diafragma)
  • Diabetes
  • Comer muito logo antes de dormir
  • Má alimentação/excesso de: chocolate, frituras, café, bebidas alcoólicas, comidas ácidas, pimenta

Se você sofre de refluxo com frequência, deve buscar um tratamento especializado. Enquanto isso, é possível focar na boa alimentação para aliviar os sintomas, afinal, ela pode estar diretamente ligada à doença.

 

Grupos de alimentos para o alívio dos sintomas

Acima de tudo, você precisa evitar consumir alimentos muito ácidos. Depois, o próximo passo é evitar o exagero à mesa, um comportamento bastante comum de quem sofre de azia com frequência. Alguns alimentos atuam como uma espécie de antirrefluxo natural, então, pega papel e caneta e anota tudo em uma tabelinha para não esquecer:

Frutas

São ricas em fibra, substância importante que ajuda regular o intestino. Mas fique atento àquelas frutas mais ácidas. Opte por banana, mamão, pêssego e maçã, por exemplo.

Verduras

Elas ajudam na digestão, além de garantir um maior equilíbrio na acidez do estômago.

Legumes

Assim como as frutas, também possuem muita fibra para auxiliar na regulagem do intestino. E é claro, têm pouquíssimas calorias para quem também precisa passar por um processo de perda de peso.

Oleaginosas

Possuem a chamada gordura boa. Alimentos como castanha-do-pará, nozes e castanha de caju têm poder anti-inflamatório, algo muito importante quando se sofre com refluxo.

Outros alimentos para inserir na sua dieta

Gengibre

É anti-inflamatório e muito utilizado para o tratamento de problemas gastrointestinais. Consuma como chá.

Frango ou peru

Antes de tudo, retire a pele, pois contém muita gordura. Consuma essas carnes cozidas, grelhadas, assadas ou refogadas. Fritas, jamais! O mesmo vale para peixes e demais frutos do mar.

Aveia

Além de não causar refluxo, a aveia tem uma outra vantagem: ela proporciona uma sensação de saciedade. Isso pode contribuir no controle da gula durante o dia.

 

Dicas para evitar o refluxo

Como dissemos anteriormente, uma das causas da doença está relacionada aos nossos hábitos diários. Fique atento e foque na sua qualidade de vida fazendo essas pequenas mudanças:

 

  • Coma com calma;
  • Mastigue bastante os alimentos;
  • Não exagere nas porções;
  • Evite o clássico “comer de 3 em 3 horas”. Alimente-se quando sentir fome e de forma moderada;
  • Evite ingerir líquidos durante as refeições;
  • Última refeição do dia no máximo 3 horas antes de dormir;
  • Evite o excesso de peso;
  • Não tire aquela sonequinha básica logo após o almoço;
  • Não use roupas apertadas na região abdominal.

 

Ninguém está livre de sofrer com o refluxo, por tanto, mesmo que você não tenha com tanta frequência, adote essas práticas e inclua todos os alimentos na sua dieta. Isso pode ajudar a prevenir a doença. Ou, se mesmo assim você continuar com quadros de refluxo, busque um médico imediatamente para que ele indique o melhor tratamento.

Compartilhe esta postagem

Comments (2)

  • Sabor Caseiro
    ELIANE Menezes Resposta

    Eu só como legumes peito de frango sem pe
    ele peixe magro e pq estou com esse problema há mas de 3 meses não estou suportando tomo leite de soja, agora ,parece q estou com bronquite.
    Já fui em 3 Gastros só que esses prazóis só me fizeram mal, estou desesperada pq nunca tive isso já perdi mais de 10 kg.Me ajudem pelo amor de Deus.Tenho 66 anos, e estou me sentindo fraca.

    dezembro 16, 2020 em 1:25 pm
  • Sabor Caseiro
    Maria Silva Resposta

    Artigo interessante, irei até retornar ao seu site com mais
    frequência, para mais artigos como estes. Obrigada

    dezembro 27, 2020 em 7:52 am

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *