A Retomada das Aulas e o Cenário de Pandemia

Postado por: entrerios Categoria: News, Sabor Caseiro Tag: , , , Comentários: 0 Data de postagem: outubro 20, 2020

A Retomada das Aulas e o Cenário de Pandemia

Um dos principais nichos de atuação da Sabor Caseiro é a produção de refeições para escolas, atendimento especializado que já é realizado há muitos anos. No entanto, a pandemia da Covid-19 trouxe um cenário inédito de fechamento das instituições de ensino, o que impactou diretamente nosso trabalho. Em outubro, com a diminuição do número de contágios, a Prefeitura de Porto Alegre autorizou a retomada gradual das aulas presenciais. Apesar da mudança nos proporcionar benefícios pelo nosso campo de atuação, a Sabor Caseiro defende uma retomada que se baseie na organização e no planejamento. A segurança dos professores, alunos e funcionários deve vir em primeiro lugar. 

Em 5 de outubro, as escolas infantis da rede pública e privada foram liberadas para funcionar, com medidas de segurança. No entanto, diversos professores da rede pública relataram a ausência de condições sanitárias e estruturais adequadas para garantir a saúde dos estudantes, professores e funcionários. Em função disso, o Sindicato dos Municipários de Porto Alegre (Simpa) aprovou uma greve sanitária. Além disso, a retomada foi marcada por baixa adesão, já que muitos pais decidiram não levar os filhos até as instituições de ensino. Desde a data da retomada às aulas, a Prefeitura de Porto Alegre já contabiliza 34 casos de pessoas infectadas por coronavírus em escolas estatais e comunitárias da cidade. Desses 34, três são alunos e os demais são professores e funcionários. 

Ao redor do mundo, a situação não foi muito diferente. Em diversos países, medidas de distanciamento social no ambiente escolar e de proteção sanitária não foram suficientes para frear o contágio da doença. Na Coreia do Sul, um dos países que vem sendo considerado referência no combate ao coronavírus, mais de 200 escolas tiveram de ser fechadas logo após a retomada das aulas devido a novos surtos da doença em Seul. Já em Israel, uma escola secundária de Jerusalém registrou o contágio de 153 alunos e 25 professores em maio.

Apesar de todos desejarmos a volta às aulas e ao cenário de normalidade, é preciso muita cautela para não aprofundarmos a situação pandêmica. Além disso, é necessário que todas as escolas ofereçam condições sanitárias básicas para que a vida de nenhum aluno, professor ou funcionário seja colocada em risco. Dessa forma, a Sabor Caseiro ressalta a importância de uma retomada segura, feita com mais planejamento, organização e atenção ao contexto brasileiro e internacional. 

 

Compartilhe esta postagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *